curso de ciências contábeis

Curso de Ciências Contábeis: conheça tudo sobre a graduação!

Ao refletirem sobre as opções de formações que existem, vários vestibulandos ficam tentados a escolherem o curso de Ciências Contábeis por ser uma área bem tradicional no mercado. Contudo, uma boa parte acaba indecisa sobre essa escolha por não conhecer o suficiente a respeito dele.

Há quem não saiba, por exemplo, quanto tempo ela dura, quais são as principais disciplinas, qual a quantidade de estágios existentes etc. Para completar, muitos também desconhecem quais são os campos de atuação que podem ser seguidos pelos contadores.

Diante dessas dúvidas, trouxemos um post que vai responder a todos os questionamentos que você tem sobre a graduação em Ciências Contábeis. Acompanhe e saiba mais!

Como é o curso de ciências Contábeis?

O curso de Ciências Contábeis se trata de um bacharelado que permite aos universitários estudarem e se aprofundarem a respeito do controle, dos aspectos legais e do gerenciamento de patrimônios financeiros e materiais.

Para tanto, a formação traz conhecimentos multidisciplinares que abordam questões éticas, sociais, legais e administrativas da realidade de pessoas físicas e jurídicas.

Ou seja, situações que elas enfrentam no dia a dia ao abrirem um negócio, fazerem o imposto de renda, realizarem um investimento ou simplesmente contribuírem com a previdência social, por exemplo.

São quatro anos de bastante aprendizado que, além de disciplinas teóricas e práticas, conta também com estágios curriculares que ocorrem em alguma organização que tem convênio com a sua faculdade.

Como é a grade curricular?

A grade curricular do curso de Ciências Contábeis explora a fundo os princípios gerais da contabilidade aplicados dentro de instituições privadas e públicas — isto é, que representam o Estado.

Curso técnico, tecnológico ou graduaçãoPowered by Rock Convert

É por isso que as disciplinas discutem bastante o cenário corporativo ao mesmo tempo que apresentam noções tributárias, societárias, de análise de custos, de controladoria e muito mais. Abaixo, nós reunimos algumas das principais matérias para você conferir:

  • Comunicação Empresarial: aborda os processos internos de comunicação entre setores diferentes, repasse de dados sigilosos e com acesso liberado para além do departamento contábil e políticas de contato e retorno com filiais e franquias;
  • Planejamento Estratégico: trata da elaboração do escopo de projetos, da definição de objetivos, do controle de despesas e custos fiscais, do diagnóstico mercadológico de ganhos reais, da implementação de programas já elaborados etc.;
  • Matemática Financeira: foca em cálculos relacionados a pagamentos e recebimentos efetuados no meio corporativo. Muitos deles envolvem operações financeiras, capitalizações, contas com juros, amortizações de débitos etc.;
  • Contabilidade Tributária: mostra os principais aspectos da legislação tributária no Brasil, como funciona os tributos na esfera pública, a estrutura dos impostos nacionais, estaduais e municipais voltados para as organizações e muito mais;
  • Teoria da Contabilidade: apresenta a estrutura do trabalho do contador, pontuando os critérios de avaliação, mensuração e acompanhamento de ativos, receitas e patrimônios necessários para a realização de balanços mensais e a prestação de contas junto aos órgãos fiscais;
  • Perícia e Arbitragem: destaca os procedimentos de uma perícia, os conceitos legais que sustentam a prática, a produção de laudos para órgãos fiscais, a identificação de desvios financeiros e patrimoniais e a avaliação de fraudes em sistemas financeiros;
  • Empreendedorismo e Inovação: aborda o plano de ação para os contadores que desejam estabelecer negócios próprios ou atuar como profissional livre. Discute investimentos, estudos de mercado, avaliação da concorrência local e por aí vai.

Quais as áreas de atuação do contador?

O contador pode assumir muitas atividades dentro de uma empresa, para um grupo de clientes ou mesmo a serviço do poder público. Entre as principais áreas de atuação estão:

  • auditor contábil: responsável pelo controle e monitoração das movimentações financeiras a fim de assegurar a integridade fiscal das empresas;
  • analista contábil: responsável pelo setor financeiro, podendo gerir as contas da organização ou supervisionar despesas feitas em equipamentos, capital humano, expansão de estabelecimentos e outras demandas internas;
  • consultor previdenciário: responsável por conferir as inscrições dos colaboradores da companhia na previdência social e garantir que os registros deles estejam em dia quanto às devidas contribuições mensais a fim de evitar multas e processos;
  • analista financeiro: responsável por supervisionar e movimentar ativos financeiros de acordo com as projeções do mercado para garantir a liquidez de investimentos, parcerias, compras de ações, financiamentos entre outras atividades.

Como é o mercado de trabalho da contabilidade?

Como aponta a pesquisa da plataforma Vagas, os contadores têm uma renda mensal de aproximadamente R$ 4.238,00. No entanto, é comum encontrar aqueles que ganham acima disso, chegando a R$6.220,00.

Afinal, não são poucos os profissionais que empreendem em sociedades de serviços contábeis (como empresas, agências e escritórios). Inclusive, o próprio Conselho Federal de Contabilidade (CFC) traz esses números, viu?

Até maio de 2021, por exemplo, o registro virtual do órgão contabilizava cerca de 359.234 contadores que seguiam carreira como pessoa física — atuando em órgãos públicos, organizações do terceiro setor e companhias privadas. Já aqueles que apostaram em negócios próprios eram responsáveis por 75.846 empresas no ramo.

Qual perfil profissional deve ter um contador?

O perfil profissional de um contador é conhecido por algumas características que são úteis para um trabalho mais produtivo, eficiente e integrado às necessidades do cliente. Entre as mais importantes estão:

  • raciocínio lógico apurado para lidar com um volume alto e constante de dados matemáticos e financeiros;
  • capacidade colaborativa para atuar não só em equipe, mas em grupos de trabalhos diferentes que podem contar só com contadores ou profissionais de outros ramos;
  • interesse em ferramentas digitais, uma vez que softwares, sistemas e programas fazem parte da rotina de trabalho;
  • desejo de se manter sempre atualizado, já que a contabilidade é uma área que se reinventa e se adapta constantemente ao surgimento de novas legislações.

Deu para ver que o curso de Ciências Contábeis é bastante desafiador e o leva a ter um conhecimento amplo sobre a estrutura e o funcionamento não só das empresas, mas também dos setores públicos, não é mesmo? Por isso é importante pesquisar os detalhes da grade curricular dessa graduação para conhecer como será a sua rotina acadêmica de estudos e, de quebra, para quais campos de atuação ela vai prepará-lo.

Gostou de saber mais sobre o curso e como é o mercado de trabalho do contador? Então conta para a gente nos comentários quando você desejar iniciar a sua formação!

Powered by Rock Convert

Dê mais um passo na sua vida.

Cadastre-se e receba nossos artigos em primeira mão.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support